Desvendando o Mistério do Orçamento Executivo De Obras

Você sabe por que o orçamento executivo da obra é tão importante? 

Não é novidade que um dos maiores problemas enfrentados por profissionais no canteiro de obras é o controle de custos e desperdício dos recursos financeiros. 

Afinal, são muitas as variáveis a serem controladas no canteiro de obras, como por exemplo: mão de obra, lista de insumos e suas quantidades, operações de compra e logística no canteiro de obra, entre outros. 

É por isso que é tão importante contar com uma ferramenta de gestão como o orçamento executivo para ajudar nessa tarefa! É por meio dele que será possível determinar a viabilidade de um projeto de obra. 

Quando o assunto é controle dos custos, o orçamento executivo é peça fundamental para garantir que a construção não exceda os limites estipulados na etapa do planejamento, garantindo assim eficiência. 

No artigo de hoje você confere tudo sobre o orçamento executivo da obra, e como você pode criar o seu de forma eficiente e precisa. Vamos nessa? 

Orçamento Executivo: O Que é?

Talvez você deva estar se perguntando: qual é a diferença entre um orçamento e um orçamento executivo de obra?

Enquanto o orçamento de obra trata do levantamento e cotação dos custos necessários para executar a obra, o orçamento executivo avalia também quando e como cada etapa da obra vai acontecer. 

Ou seja, no orçamento executivo serão contemplados todos os serviços auxiliares que serão necessários para tirar o projeto do papel. 

Esse nível de detalhamento é o que ajuda na otimização dos recursos durante o processo de obras. Aqui, estamos falando de recursos humanos, financeiros, físicos e, claro, de tempo. 

Na prática, isso se traduz na redução de retrabalhos, na diminuição de tempo ocioso da mão de obra, e também na redução do desperdício de material no canteiro. 

Por Que Você Precisa Do Orçamento Executivo?

Agora que você já sabe o que é o orçamento executivo, é hora de desvendar outros mistérios importantes, como por exemplo: por que você precisa dele?

Além de te ajudar com o cronograma físico-financeiro, o orçamento executivo é o que irá fornecer uma visão geral da obra. Assim, é por meio dele que você irá realizar o estudo de viabilidade econômica, além de ser fundamental para pedidos de financiamento para execução da obra, por exemplo. 

Para te ajudar a fazer um orçamento executivo de forma prática e precisa, separamos aqui algumas dicas que podem te ajudar na hora de colocar a mão na massa! 

1. Organização e Planejamento

Se você chegou até aqui, então já percebeu que elaborar um orçamento executivo é uma tarefa de alto nível de detalhamento e que leva tempo. Sendo assim, é preciso começar com antecedência para evitar qualquer imprevisto!

A ideia é que você consiga identificar, de forma detalhada, todos os custos envolvidos na execução da obra, indicando para cada um dos colaboradores as atividades pelas quais serão responsáveis, a data de execução de cada uma delas, e claro, como isso impacta no cronograma geral da obra. 

2. Não Esqueça Das Atividades Auxiliares

É comum encontrar orçamentos que extrapolam os limites estabelecidos por não considerarem aqueles serviços indiretos, mas necessários para a construção. 

Por exemplo, a preparação do canteiro de obras e até mesmo a limpeza final. Apesar de não serem serviços diretamente relacionados ao empreendimento final, eles certamente possuem custos de execução que devem ser considerados. 

3. Conte Com Um Bom Software De Gestão De Obras 

Hoje em dia, com os avanços da tecnologia, trabalhos e processos burocráticos tornaram-se muito mais práticos de serem realizados. 

Já imaginou o trabalho e tempo necessários para realizar todo o orçamento em um planilha de excel que você precise atualizar o tempo todo? É por isso que contar com softwares de gestão especializados é a melhor solução!

Por meio dessas ferramentas você economiza tempo ao automatizar tarefas como:

  1. Registrar e organizar os detalhes do orçamento;

  2. Buscar informações referentes a diferentes fornecedores, custos e compras;

  3. Atualização de informações da obra em tempo real;

  4. E muito mais! 

Tudo isso, sem falar na praticidade de possuir todas as informações relacionadas a um projeto reunidas em um único lugar. Assim, fica mais fácil fazer consultas ao histórico de obras caso seja necessário na hora de elaborar orçamentos futuros. 

Está procurando um software para te ajudar na elaboração dos seus orçamentos executivos de forma prática e precisa? Então acesse o VEJA OBRA para conhecer o nosso software e testar grátis por 14 dias! 

0 visualização0 comentário