Mercado Imobiliário: Saiba Como Rentabilizar Casas e Apartamentos

Está pensando em investir no mercado imobiliário? Saiba tudo sobre esse segmento e aprenda várias formas de ganhar com imóveis.

O mercado imobiliário segue como uma das principais oportunidades para investir no Brasil e está entre as mais procuradas. O estudo Raio X FipeZap: Perfil da Demanda de Imóveis, publicado em fevereiro de 2021, mostra que 46% dos entrevistados tinham a intenção de comprar um imóvel como forma de investimento. Os dados são do último trimestre de 2020.

Nesse artigo, vamos mostrar algumas alternativas para quem quer entrar nesse mercado. Além disso, você conhecerá várias maneiras de rentabilizar um imóvel, incluindo o aluguel de imóveis ou de quartos, as hospedagens e as estadias de longa duração. Confira!

Como entrar no mercado imobiliário?

As perspectivas para o segmento de imóveis seguem positivas para os próximos anos. A expectativa é que a retomada da economia pós-pandemia alavanque o setor e traga bons resultados a quem investe em imóveis.

Entretanto, antes de entrar de cabeça no mercado imobiliário, é bom se atentar a alguns aspectos. A seguir você confere alguns pontos que merecem atenção especial:

Escolha bem a localização do imóvel

A localização do imóvel é um dos fatores mais importantes a serem considerados! É claro que a localização ideal varia de acordo com cada região e, claro, com o público selecionado..

Lembre-se que, assim como há pessoas procurando por casas e apartamentos mais próximos das áreas centrais das grandes cidades, também existem aquelas que querem fugir do tumulto e optam por locais mais distantes.

Por isso, o ideal é definir de forma clara qual o público-alvo com o qual se deseja trabalhar, considerando variáveis como faixa etária, estado civil, profissão, renda, entre outros. 

Invista na valorização

Outro ponto que merece atenção especial é o potencial de valorização do imóvel. Esse fator pode sofrer influência de diversos aspectos, como a infraestrutura do bairro, o tamanho do imóvel e se ele fica em um condomínio ou não.

Portanto, é importante colocar essas características na balança e ter sempre uma visão de longo prazo. Afinal, uma casa pode até estar em um local mais isolado hoje, mas o desenvolvimento da cidade ao longo dos anos pode transformar aquele ponto em um dos mais desejados de uma região. Ter essa visão estratégica pode ser o grande diferencial para obter grandes retornos! 

Anuncie seus imóveis

Quem não é visto, não é lembrado! Você com certeza já ouviu essa frase em algum momento, e para o mercado imobiliário não é diferente. Sendo assim, se a ideia é adquirir imóveis como investimento, é preciso levar em consideração os anúncios necessários para divulgá-lo. 

Com a popularização da internet, estar nas redes sociais e mecanismos de busca como o Google se tornou obrigatório. Felizmente, hoje há muitas ferramentas simples e acessíveis para obter renda no ramo imobiliário. Falaremos mais sobre isso a seguir.

Capriche na manutenção

É claro que, da mesma forma que a internet democratizou o acesso à informação, também aumentou a competitividade dos mercados. Neste sentido, o seu imóvel vai competir pela atenção dos usuários com vários outros. 

Exatamente por isso, é preciso se atentar a alguns fatores fundamentais para garantir que o seu imóvel chame a atenção do usuário, como por exemplo a qualidade das imagens. Opte por fotografar o local quando houver bastante luz natural, e não esqueça de prestar atenção aos melhores ângulos de cada ambiente.

Caso tenha o orçamento disponível, contratar um fotógrafo com experiência no mercado imobiliário para fazer as fotos do local é sempre um bom investimento! 

Tão importante quanto as fotos que irão ser colocadas no anúncio, é manter o local em perfeitas condições para o caso de possíveis visitas. Atente-se aos elementos estruturais, como as redes elétrica e hidráulica, e não se esqueça dos pequenos detalhes que fazem a diferença, como a decoração.


mercado-imobiliario

Como obter renda com imóveis?

Existem várias maneiras de obter renda a partir do investimento no mercado imobiliário. Nesse tópico, vamos abordar algumas opções mais tradicionais e outras que são tendências em crescimento. Confira a seguir! 

Aluguel de imóveis

Essa é, certamente, a maneira mais popular de rentabilizar um imóvel. Segundo o Raio X FipeZap, 72% das pessoas interessadas em comprar imóveis como investimento pretendiam alugá-los. Contudo, é fundamental tomar alguns cuidados para que a chance de ganhar dinheiro não se transforme em uma dor de cabeça.

O primeiro ponto a considerar é que o inquilino pode não cuidar tão bem do imóvel. Também é possível que a transição entre um locatário e outro exija algumas reformas, sem falar no risco de inadimplência. 

A melhor maneira de se proteger contra estes riscos é contar sempre com o auxílio de uma imobiliária para a formalização da relação com os inquilinos por meio de um contrato de locação. 

A documentação deve seguir as diretrizes da Lei do Inquilinato, que determina os direitos e deveres das partes envolvidas, dando segurança jurídica ao negócio.

Outra boa dica é possuir uma reserva financeira para lidar com possíveis imprevistos estruturais, evitando assim o risco de ficar com o imóvel parado.

O apoio de profissionais especializados também é importante porque previne eventuais conflitos ao fazer uma escolha criteriosa dos inquilinos. A partir da análise do perfil do locatário, a imobiliária terá uma boa noção sobre a capacidade dele de pagar os aluguéis em dia, evitando prejuízos.

Hoje, todos os trâmites burocráticos podem ser feitos pela internet. Ao utilizar ferramentas como anúncios on-line e assinatura de contrato digital, esses processos ficam mais simples e rápidos.

Aluguel de quartos

Outra prática comum é alugar quartos que estão vazios. Embora esse tipo de negócio já exista há algum tempo, a chegada de plataformas online como o Airbnb fortaleceu essa tendência do mercado imobiliário. A empresa permite que os usuários aluguem quartos por apenas alguns dias, por exemplo. Isso favorece, principalmente, aqueles que têm imóveis em cidades turísticas.

Essa flexibilidade no processo de locação facilita muito a vida dos locadores, que podem obter uma renda extra para ajudar no pagamento das despesas mensais da própria casa. No fim das contas, alugar apenas um cômodo acaba sendo até mais simples do que um imóvel inteiro. 

O único cuidado é fazer uma boa análise antes de colocar alguém desconhecido dentro da sua casa. Inevitavelmente, a presença de uma pessoa que não faz parte da família traz certos impactos sobre a rotina. 

Procure estabelecer logo de cara as regras de convivência. Determinar os horários de chegada e saída, as normas sobre presença de animais de estimação e as normas para uso da cozinha é fundamental para evitar conflitos. Tudo isso deve ser alinhado com antecedência entre as partes e formalizado em contrato.  

Hospedagem

Os períodos tradicionais de férias são excelentes oportunidades para o mercado imobiliário. Além do próprio Airbnb, sites como AlugueTemporada e Booking.com aceitam cadastros de imóveis e quartos para receber hóspedes nessas épocas. Todas elas cobram comissões para cada transação realizada, que variam entre 3% e 13%, dependendo do tipo de locação.

Caso você queira entrar nesse tipo de negócio, é bom caprichar nos anúncios, com boas fotos e informações completas sobre o espaço que está disponibilizando. A localização também é um aspecto importantíssimo, pois os turistas procuram por opções próximas aos principais pontos da cidade.

Os cuidados com a limpeza do lugar e com a recepção aos hóspedes também contam pontos a seu favor. Afinal, quem teve uma boa experiência com a sua hospedagem pode voltar no futuro ou indicar o lugar para outras pessoas.

Estadias de longa duração

A flexibilidade de trabalhar de qualquer lugar pela internet está criando um novo público para o mercado imobiliário. Os chamados nômades digitais não têm endereço fixo e se aproveitam das possibilidades que a tecnologia oferece para conhecer vários lugares do mundo. Para isso, eles conciliam a rotina de trabalho com as viagens e procuram estadias por temporada.

Geralmente, esse público reserva os imóveis com uma boa antecedência e ficam em cada cidade por períodos de um a três meses. Com um bom planejamento, você pode garantir que uma casa ou um apartamento estejam ocupados em todas as épocas do ano, acabando com a questão da sazonalidade que reduz o movimento na baixa temporada.

Por estarem envolvidos com o trabalho, os nômades digitais costumam ter rotinas mais tranquilas do que aqueles que estão de férias. Isso significa que eles não incomodam os vizinhos com festas e tendem a cuidar muito bem do imóvel. 

Para atrair esse perfil, garanta que o lugar tenha internet de qualidade, um bom espaço para trabalhar com o notebook e uma cozinha bem equipada. Imóveis localizados em bairros tranquilos e com boa infraestrutura são fortes candidatos a se dar bem nesse modelo de negócio!

mercado-imobiliário

Staycation

Outra tendência de comportamento que pode render bons frutos a quem investe no ramo imobiliário é o staycation. O nome vem da junção dos termos em inglês stay at home (ficar em casa) e vacation (férias) e se refere a pessoas que, em vez de viajar para longe nas férias, preferem aproveitar o que há na própria cidade ou nos arredores.

Esse público procura por estadias curtas para passar um feriado ou um período de férias bem curto. Portanto, essa é uma boa opção para quem tem imóveis próximos de locais de turismo e chácaras em municípios menores ou em regiões distantes da bagunça dos grandes centros.

Quer entrar no mercado imobiliário? Conheça a Arbo Imóveis!

Este artigo foi escrito pela equipe da  Arbo Imóveis, uma startup do mercado imobiliário que tem o objetivo de simplificar transações imobiliárias, para que se conectar a um imóvel seja felicidade para quem o recebe, quem o entrega e quem o administra.

Assim, oferece serviços e produtos para o mercado imobiliário de todo o Brasil, como um CRM (Customer Relationship Management) e um aplicativo para corretores, e, além disso, opera um dos maiores portais de imóveis do País.

A Arbo possui como diferencial a facilitação de processos imobiliários de compra e de locação. Para isso, conta com ferramentas que desburocratizam processos tanto para imobiliárias, corretores e incorporadoras quanto para clientes que desejam comprar e alugar imóveis. Conheça!

0 visualização0 comentário